Arquivo da tag: poema de amor

Vez por outra sou dada à síntese – poemínimos

Vim do Cordel. Comecei assim. 30 estrofes ou mais. Uma arte de contar história em verso rimado e metrificado, ritmado, cantado mesmo. Mas aí me vi dizendo tudo o que queria com uma estrofinha de nada. Tudo. Poemínimos, poemetos, curtos, … Continuar lendo

Publicado em Poemeu - Verso livre, Ser | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário