Existencial

#DiaDaPoesia

“As vezes fico perdida

há tanto para viver

que me pego em devaneios

sonhando sem perceber

desejando experiências

além das minhas ciências

buscando o Conhecer

e eu fiz por merecer

esta vida que eu tenho

acredito que meus ganhos

são frutos do meu empenho

nego a fé cega do povo

quem resiste frente ao novo

já não compro nem desdenho

é por demais valiosa

a vida, para ser gasta

com as orações hipócritas

vindas da mente nefasta

de quem só pensa na morte

ou de quem se atém à sorte

a inércia que devasta

e tem gente que se arrasta

sem viver e sem sentir

tem gente que não entende

a lógica do fluir

somos todos natureza

eis aqui toda a pureza

desse nosso existir

não tenho medo de ouvir

ou pensar o perecer

há tanta vida no meio

entre nascer e morrer

somos do todo uma parte

viver é portanto a arte

inevitável de Ser.”
Mariane Bigio

Anúncios
Publicado em Do que me despe, Poemeu - Cordel, Ser | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Manifesto das Meninas

Captura de Tela 2017-03-06 às 21.18.57

Foto Revista Fórum

Neste dia da mulher
Vamos nos manifestar
Pois também é nosso dia
Também queremos lutar
iremos soltar a voz
Juntas não estamos sós
Vamos todas caminhar

Não queremos só brincar
De casinha, de bonecas
queremos as ferramentas
bolas, trator, melecas
queremos vestir azul
e correr de Norte a Sul
soltar piões e petecas

Se eles não lavam cuecas
temos que lavar sozinhas?
Qual é mesmo a diferença
Das cuecas pras calcinhas?
Todos devem ajudar
Lavar louça e enxugar
Não seremos mais bobinhas!

Pilotar só nas cozinhas?
Isso aí irmão, já era!
Tem menina que é atleta
Que é veloz feito uma fera!
Que sabe se defender
E não vai mais se esconder
Quando quiser ser sincera

Queremos ser da galera
E viver com segurança
Com saúde, com lazer
Com os direitos da criança
Pode parecer clichê
Ser livre igual a você
É nossa grande esperança!

Mariane Bigio

06/03/2017

Publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Novo vídeo do Cordel Animado no Youtube!

Para festejar o Carnaval Pernambucano, que é super-ultra-mega cultural, fiz esse vídeo pra gente se divertir com Adivinhas em Cordel! Aperta o play!

 

Até o Site Catraquinha fez uma matéria sobre o canal do Cordel Animado no Youtube!
Fiquei super feliz!

captura-de-tela-2017-02-23-as-11-52-08

Publicado em Clipping, Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Adivinhas em Cordel – Carnaval em Pernambuco!

_mg_5869

Cordel Animado em Clima de Carnaval – por Gustavo Bettini

Adivinhas de Carnaval

Vou fazer uma adivinha
Quem é bom na brincadeira?
Quem conhece o carnaval
Vai acertar de primeira
Seja adulto ou criança
Quem gostar dessa festança
dá resposta bem certeira!

No sábado de Zé Pereira
Nesta cidade encantada
Ele aparece na ponte
A crista bem empinada
Tem bico e bastante pena
Quem é esse, nesta cena?
É o Galo da Madrugada!

 A Calunga levantada
O tambor faz tu-tu-tu
O Cortejo é bem bonito
Danço eu e dança tu!
Tem rei e também rainha
Quem responde essa adivinha?
Falo do… Maracatu!

E tem o Maracatu
Que vem do Canavial
Caboclos vêm chacoalhando
flor na boca contra o mal
Com a gola enfeitada
Pra dançar uma sambada
no Maracatu Rural!

Com adornos sem igual
penachos coloridinhos!
Vêm com as flechas no ar
Vigorosos indiozinhos
Numa dança tão bonita
Ao som da flauta que apita
Quem são eles? Caboclinhos!

Ficamos pequenininhos
Junto do enorme dançante
O Homem da Meia-Noite
É o maior representante
Em Olinda desfilando…
De quem eu estou falando?
É do Boneco Gigante!

Um mascarado brincante
Vem causando um buruçu
Ele vem lá de bezerros
Gosta de comer angu
Com a roupa colorida
A peruca divertida
Quem é ele? O Papangu!

Quando o céu está azul
E o calor está ardendo
a gente vê um bichão
e a meninada batendo
e quem não é pirangueiro
se tiver algum dinheiro
A La Ursa está querendo!

A ladeira vem descendo
Sem se importar com o relevo
Segurando a sombrinha
Dançar igual não me atrevo!
Tesoura e até parafuso
Quem dança assim tão confuso?
É o passista de frevo!

 

por Mariane Bigio*

*se for usar esse texto, por favor, cite a fonte e a autoria!

todos os direitos reservados
Publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

Quebra-Nozes em Cordel

Quebra-Nozes em Cordel - foto: pedacinho de Amor FotografiaQuebra-Nozes em Cordel - foto: pedacinho de Amor Fotografia

Este Clássico conto de Natal é recriado utilizando as rimas do Cordel.
Existe um ballet composto por Tchaikovsky (O quebra-nozes),  de 1892, e uma versão de Alexandre Dumas, O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos. Com certeza foram fontes de inspiração para a jovem Mariane Bigio compor seu belo cordel, com um enredo cheio de imaginação, sonho e magia!
  • Autor: Mariane Bigio
  • Ilustração: Edusá
  • Valor: R$ 30,00
  • Formato: 21 x 21 cm
  • Número de páginas: 24
  • ISBN: 978-85-7974-245-3

Clique aqui para comprar: Quebra-Nozes em Cordel

Publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A Peleja entre o Sujo e o Mal Lavado

A Peleja é uma Briga!
Quem me lê que não se apresse…
Essa briga é diferente
E nem de tapa carece
É uma luta bem poética
De conteúdo e de estética
Quem vence é porque merece

*
Uma Peleja acontece
Com dois tipos, lado a lado
Pode a briga ser tão feia
De alguém ter um “pé quebrado”
Calma, que esse pé que eu falo
É “pé de verso”, com calo
Feio e desmetrificado

*
O Sujo e o Mal Lavado
Vêm pra exemplificar
Ensinar neste cordel
Que danado é pelejar
E a arma vai ser a rima
Quem será que sai por cima?
Quem será que vai ganhar?

*
SUJO
Vou logo me apresentar
Sei que vou causar ciúme
O meu “cheiro natural”
É cheirinho de perfume
Mas o tal do mal-lavado
Tem um cabelo ensebado
É fedido e não assume!

*
MAL LAVADO
Pelo menos meu costume
É sempre tomar um banho
Só não molho meu cabelo
Pois assim eu não assanho
Pior tu, que nesse mês
Só tomou banho uma vez
E tem um fedor tamanho!

*

SUJO
Pois eu falo e não me acanho
Você tem muito chulé!
E de que adianta o banho
Se você não lava o pé ?
Passo talco todo dia
E não vivo essa agonia
Pois não sou um zé mané!

*

MAL LAVADO
Aqui ninguém bota fé
Nem ouve tuas besteiras
Bem pior que ter Chulé
É ser o Rei da Nojeira!
Pois não há desodorante
Pro fedor horripilante
Dessa tua suvaqueira!

*

SUJO
Eu vi no meio da feira
Uma moça desmaiar
Quando chegou bem pertinho
Foi pensando em te abraçar
Mas sentiu a tua inhaca
E caiu feito uma jaca
Foi difícil segurar!

*

MAL LAVADO
Pois então eu vou contar
E apresento testemunha
Lembra aquela última vez
Que você cortou a unha?
Precisou foi de um serrote!
E o que caia no pote
De pronto se decompunha!

*

SUJO
Mal Lavado é tua alcunha
Faz até planta murchar!
Devido ao bafo horroroso!
De tanto “re-mastigar”
Pedacinhos de comida
Rente ao dente apodrecida
De quem não sabe escovar!

*

Não queria atrapalhar…
Mas no meio desse embate
Chegou logo a mãe do Sujo
E ali viu tal disparate
A mamãe do Mal Lavado
Também veio do outro lado
E não houve o desempate!

*

“Oh, por favor, não me mate!”
Gritou Sujo exagerado
Sua mãe com uma mangueira
E um sabonete embrulhado
“Água não vai te matar!
Venha logo se banhar
Seu menino malcriado!”

*

E também o Mal Lavado
Inconsolável chorava
Sua mãe não fez por menos
Pelo seu filho berrava
Com uma esponja na mão
Pedra-pomes, escovão
E um balde que transbordava!

*

A Peleja ali findava
Quem ganhou eu já não sei
O Sujo tomou seu banho
Pois Mãe é quem faz a Lei
E até mesmo o Mal Lavado
Hoje é bem-apessoado
E do perfume é o Rei

*

Esse Cordel que contei
Foi só para apresentar
O tal gênero da Peleja
Da Poesia Popular
Que é um combate sem ringue
Da Paz que nunca se extingue
Só pra gente gargalhar!

Mariane Bigio, Novembro de 2016

 

Publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

Vídeo Novo no Youtube!

O Rap dos Transportes virou vídeo no Canal do Youtube do Cordel Animado! Aperta o Play pra conferir!

Publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil, vídeos | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário