Cordel da Gratidão

Gratidão é uma palavra
Que expressa um sentimento
Uma alegria que invade
Nos toma por um momento
Quando alguém nos faz o bem
Nos dá carinho ou alento
.
Gratidão não anda só
Gosta de retribuir
Nós sentimos e queremos
Fazer o outro sentir
Se nós estamos felizes
Queremos fazer sorrir
.
Gratidão é prima-irmã
Da bela e gentil bondade
Um trevo de quatro folhas
Que muda a realidade
Que é condutora da paz
Porta-voz da humildade
.
Já vi nascer em um muro
Em meio a tanta dureza
Do concreto, do cimento
Um ramo de natureza
Nesse mesmo muro eu li
Um verso de gentileza
.
Gratidão pode ser simples
Não precisa complicar
Podemos agradecer
Tudo que a vida nos dá
Mas pra isso precisamos
Nossa cuca transformar
.
O óculos da gratidão
Todo mundo deve ter
Ele corrige a visão
Nos fazendo perceber
Que em todo canto há presentes
Para a gente agradecer
.
Se a gente olha o almoço
Não vê nada especial
Mas o óculos nos mostra
Um banquete sem igual
Preparado com carinho
Com sabor sensacional
.
Nossa cama, sem o óculos
Não tem nada diferente
Mas ajuste o seu olhar
Enxergue com outra lente
O descanso revigora
E o sonho é filme envolvente!
.
Como é bom poder sonhar
E brincar com a fantasia
Agradeça ao acordar
Pois nasceu um novo dia
Tantas possibilidades
Diga obrigado e sorria…
.
O carinho, e o amor!
O brinquedo e a comida
O colchão, o travesseiro
Nossa canção preferida
Os amigos… a família!
A saúde… a nossa vida!
.
Obrigado, obrigada
Pelas flores no jardim
Pela chuva, o arco-íris
E a noite que chega enfim
Trazendo a lua, as estrelas
Disposta no céu sem fim
.
Agradeço pelos livros
E a escola que me ensina
Sou grato por ser criança
Por ser menino ou menina
Pela imaginação
Que me encanta e me fascina
.
Pelo cheiro de pipoca
E a fruta doce e gostosa
Mesmo sendo pequeninas
As coisas são grandiosas
Com o óculos da gratidão
A vida é maravilhosa
.
E se eu cair? Me chateio!
Mas agradeço o remédio
Só sei que bom viajar
Se eu já conheci o tédio
Agradeço a minha casa
Mesmo que se chame prédio
.
Agradecer nos faz bem
E nos traz satisfação
Agradeço cada letra
Da palavra gratidão
O óculos que nos permite
Enxergar com o coração!
.

Mariane Bigio, durante a Quarentena de 2020.

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Poemeu - Infantil e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s