Guia poético [em verso e rima] de como se transformar numa heroína !

 

por Mariane Bigio

Caras amigas, e amigos
Hoje venho apresentar
Fatos e feitos históricos
De gente bem singular
Nos dão lições de bravura
São exemplos de figura
Do mais alto patamar

Eu quero homenagear
As mulheres da história
Que nos servem como guia
Pela sua trajetória
Heroínas femininas
Provam que qualquer menina
Pode ser forte e notória

Tiro logo da memória
Uma brava sertaneja
Que foi Maria Bonita
Que viveu sua peleja
Ao lado de Lampião
Do Cangaço, no Sertão
Lembrada onde quer que seja

Uma moça benfazeja
Joana D’arc, a guerreira
Liderou enorme exército
Da França honrou a bandeira
Mas ao cessar a batalha
Sofreu a justiça falha:
Foi queimada na fogueira

Dandara foi prisioneira
Durante a escravidão
Lutou pelo povo negro
Buscando a libertação
Zumbi foi seu companheiro
O Quilombo o seu Terreiro
De Fé e Revolução

Merece nossa atenção
A Rainha, poderosa
Que foi Cleópatra do Egito
Do deserto a mais famosa
Soberana inteligente
Que governou sua gente
De maneira audaciosa

Com uma voz melodiosa
Balangandãs a valer
Carmem Miranda é pra sempre!
Impossível de esquecer!
Se no rádio ela cantava
Quem ouvia, balançava
Sem parar de remexer!

Ainda vale dizer
Sobre a artista persistente
Frida Kahlo, a mexicana
Que até hoje encanta a gente
Por seu legado em Pintura
Por ser uma criatura
De alma livre e irreverente!

Malala pediu somente
Que a deixassem estudar
Que deixassem as meninas
Serem livres pra sonhar
Mas no seu país então
A resposta foi um NÃO
E ela decidiu lutar...

E assim pôde conquistar
O Prêmio Nobel da Paz
A mais jovem ativista
Que até hoje foi capaz
De vencer, por ser tão forte
Ela que enfrentou a morte
E a tirania voraz

Eu não seria capaz
De encerrar essa listagem
De mulheres exemplares
Cheias de fibra e coragem
Elegi representantes
Pra mim significantes
E aqui fica esta mensagem:

Podemos ser personagem
Principal de uma mudança!
Você que é menina hoje
Pode virar liderança
O lugar de uma Mulher
É o lugar que ela quiser
Guarde isso na lembrança!

 

 

Anúncios

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s