Casórios e mais casórios…

juntar-escovas-de-dentes

Mais um casal que se une… e tome poesia!!!

“Peço a Deus neste momento
Que me faça inspirada
Já que vou falar de amor
E a história que é contada
De Alessandro e Helliny
Em Cordel é registrada

Nosso Pai escreve certo
Por linhas tão tortuosas
O casal que me refiro
Foi por senda sinuosa
Até chegar enfim nesta
Relação maravilhosa!

Seu destino estava escrito:
Cada um em seu estado
Ela veio de Goiás
Das terrinhas do cerrado
Ele veio do sudeste
Tudo estava encaixado

Encontraram-se no Acre
Ele foi pra trabalhar
E ela por outro lado
Viajou pra estudar
E foi assim que Deus fez
O caminho se cruzar

Os olhares se bateram
Desde a primeira vez
Quando estavam na igreja
Ela o viu de xadrez
Com uma baita cabeleira
Demonstrando altivez

“Mas que rapaz bonitinho
Eu gostei do seu estilo!”
Pensou Helliny consigo
Mal sabia que em sigilo
Alessandro admirava
A moreninha tranquilo…

Ele chegou atrasado
Chamando sua atenção
Ela olhava pro relógio
Bem na sua direção
Paquerava o rapaz
Não perdia tempo não!

Lá foram apresentados
Começaram a amizade
Alessandro evitava
Se apaixonar de verdade
Já que ele pretendia
Voltar pra sua cidade

Mas então já era tarde
Ele estava envolvido
Tentou se desvencilhar
Pois estava convencido
De que seria melhor
Se o amor fosse esquecido

A menina sofreu tanto!
Mas logo encontrou um colo
Um rapaz apaixonado
Que quis ser o seu consolo
E Alessandro arrependido
Seguiu seu caminho solo!

Mas o tempo foi passando
O namoro terminou
Helliny ficou sozinha
E ele logo a procurou
Queria tentar de novo
Consertar o que errou

Ele então pediu a Deus
Orando em pranto e dor
Ali permaneceria
Se tivesse seu amor
Do contrário iria embora
Mas Deus ouviu seu clamor!

Ela lhe pediu um tempo
Ele de pronto aceitou
Um mês e mais alguns dias
Foi o tempo que esperou
Era seu aniversário
Quando ela o beijou!


Não houve melhor presente:
Beijo na orla do rio!
Nervosismo apaixonado
Desses que causa arrepio!
E assim foi preenchido
O que antes foi vazio…

Um ao outro se completa
Estão juntos desde então
Gu e Nina nos chamaram
Para esta ocasião
Pra selar em matrimônio
Sua eterna união!

Enfim juntos para sempre!
Unidos neste momento
Que sejam muito felizes
E que dure o sentimento
Que a mão do nosso Deus
Abençoe o casamento!”

Anúncios

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Cordel por encomenda e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s