Uma palhinha do “Cordel Mais Nojento do Mundo”!

“Quero lhes apresentar

um poema sugismundo!

com versos bem fedorentos

em um texto tão imundo

que só sendo o cordel

mais nojento desse mundo!

 

Quem nunca ‘limpou salão’

que atire uma meleca!

quem nunca passou o dia

usando a mesma cueca?

toda criança feliz

é um bocado sapeca!

 

Tem menino que diz “eca”

quando come berinjela

ou quando tem um tomate

com alface na tigela

“eca” é coisa pra dizer

só se for comer remela!

(…)

Chega de tanta nojeira

de tanta coisa asquerosa!

foi só pra fazer folia,

uma farra bem gostosa

todos sabem que bom mesmo

é criança bem cheirosa!”

Anúncios

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Poemeu - Infantil e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Uma palhinha do “Cordel Mais Nojento do Mundo”!

  1. Seu trabalho é maravilhoso!!! Sou pedagoga e me apaixonei pelos cordeis na educação infantil!!! Parabéns você é D+!!!

  2. ana maria disse:

    AMEI SEUS EXEMPLARES DE CORDEL. MARAVILHOSO.

  3. veronica viana disse:

    Olá sou Pernambucana, Mais estou morando no Mato Grosso do Sul. Estou fazendo pedagogia e amei o seu trabalho, nas aulas de literatura temos que cada uma ler um livro sobre literatura infantil. Eu quero fazer diferente! quero ler um cordel e falar um pouco dessa nossa cultura tão rica. Você poderia me indicar um cordel seu de fácil leitura e que seja ao mesmo tempo engraçado. VC É NOTA 10!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s