Para a Criançada – João Pedro e o Saci


para Jota 


João Pedro estava em casa

Quando ouviu vovó gritar:

“Eita que o feijão queimou,

Não vai ter pra almoçar…

Isso é coisa de Saci

Que adora amolar!”

Que danado é Saci?

Perguntou o menininho

A vó logo respondeu:

O Saci é um negrinho

Que tem uma perna só

E vem num redemoinho…

João escutava atento

Àquela explicação

E vovó continuou

Sem lembrar-se do feijão:

“Ele fuma um cachimbo

Que fede que só o cão!”

“Usa um gorro vermelho

E gosta de aprontar

Gosta de esconder as coisas

E fazer feijão queimar

Ô Saci danado e ruim

Eu inda vou te pegar!”

“Mas vovó, por que saci

Só tem uma perna só?”

“Dizem, foi na capoeira

Que o negrinho deu um nó

E ficou sem sua perna

Mas não sentiu nem um dó”

“E comé que a gente faz

Pro Saci não mais voltar?”

“Se vir um redemoinho

É correr pra apanhar

Uma peneira em casa

Para no saci jogar”

“Depois de ter feito isso

Veja só comé que faz:

Você pega uma garrafa

Uma só, e nada mais

Mas ela precisa ter tampa

Pega o saci e zás!”

Nessa hora João Pedro

Avistou o malvadinho

Vinha como a vovó disse

Rodando em redemoinho

Ele pegou a peneira:

“pego já esse negrinho!”

Deu-lhe uma peneirada

Que o saci nem se mexeu

Pegou a maior garrafa

E o tal saci prendeu

O bichinho balançou

Mas logo, logo cedeu .

“Viva, viva o meu netinho!”

Disse a vó com alegria

O feijão não mais queimou

A partir daquele dia

João Pedro, corajoso

Conseguiu o que queria

Jogou a garrafa longe

E o saci não mais voltou

Tudo ficou bem tranqüilo

Só a paz ali reinou

Foi assim que, finalmente,

A história terminou.

***

Cordel feito em 2010 em homenagem ao meu Irmão, João Pedro, hoje com 9 anos, meu maior crítico literário para temas infantis. Nele também lembro a figura da nossa avó, Dorina, cozinheira de mão cheia, carioca da gema, que faz o melhor feijão preto da redondeza. A primeira edição está esgotada… O cordelzinho continha, além dos versos, figuras vazadas para que as crianças pudessem se divertir também pintando. Salve a Cultura Popular e a Literatura de Cordel, que resiste aos tempos, graças a renovação do público leitor!

Anúncios

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Poemeu - Cordel, Poemeu - Infantil e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Para a Criançada – João Pedro e o Saci

  1. Denise Cintra disse:

    Amei!!!!
    Como faço para comprar o CD?
    Denise

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s