Ode Carnavalesca

A Festa da Carne se aproxima. Maldita bendita folia.

A troça vem de longe vassourinhas

Paralelepípedos,chão,rua

Acordes tão agudos…rasgam,pua

As vozes cantam forte as marchinhas

Soprano das “senhouras” e mocinhas

Entoam o coro tradicional

À frente o estandarte original

Representando o bloco que euforia

E tudo só finda ao raiar do dia

Brincantes! Foliões! É carnaval!

—–
Caboclos com as lanças adornadas

Maracatus da baques variados

Os baques soltos e baques virados

Das negras com calungas levantadas

Dos reis e das rainhas coroadas

Encanto do cortejo imperial

Alfaias na batida principal

E o povo se sacode na folia

E tudo só finda ao raiar do dia

Brincantes!foliões!é carnaval!

—–
O trôpego Monarca se balança

O cetro carregado de ‘fervência’

Brilhante, simboliza a veemência

A glória reverbera em sua pança

Passistas abrem ala nesta dança

A fantasia faz-se ali real

Num ritmo cadente sem igual

Completa miscelânea de alegria
E tudo só finda ao raiar do dia

Brincantes!Foliões!É carnaval!

—–

No Toré, sete flechas empunhadas

Caboclinhos da tribo Paranambuco

Um Cocar, meu Pajé é Mameluco

Uma índia com a cara pintada

Em Olinda ouvi a trombonada

Na ladeira em descida abismal

Um Boneco Gigante em seu astral

Eu Acho é Pouco toda a energia

E tudo só finda ao raiar do dia

Brincantes! Foliões! É Carnaval!
Mariane Bigio

Anúncios

Sobre Mariane Bigio

Poeta e Videasta. Eu faço versos como quem chora, ama, brinca, ri.... Eu faço versos como que vive.
Esse post foi publicado em Poemeu - Cordel e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s